Escrita Concreta e Abstrata – A Pirâmide de Abstração

- 2 mins

Mais uma dica saída das aulas de Brandon Sanderson!

Pense em sua obra como se fosse uma pirâmide, onde a parte de baixo são as cenas e detalhes concretos e o topo os conceitos abstratos.  A ideia básica é que, para merecer os momentos mais abstratos sem cansar o leitor, ou parecer pedante, é preciso que a maior parte do tempo as cenas sejam concretas.

Mas o que seria “concreto” e “abstrato”?

Pense em concreto como o conceito de cena. Quanto mais claro estiver na cabeça do leitor o que está acontecendo, e onde está cada coisa, mais concreta é a escrita. É claro que nem tudo estará na cena, pois detalhes e pensamentos de um dado personagem são coisas abstratas, mas o ideal é que estejam contidos dentro de uma cena cuja maior parte seja concreta.

Compare as frases abaixo:

João pensava em seu emprego.


A fumaça saia do copo de café de João, enquanto ele misturava o pouco de açúcar que adicionara. Ele não conseguia deixar de olhar com inveja para a mesa ao lado, onde um homem dez anos mais jovem do que ele, terminava alguma espécie de relatório.

Embora os textos tenham uma ideia bem semelhante, um está bem contido em uma cena e o outro é apenas um pedaço informativo.

As vezes, descrever mais torna a leitura mais rápida

Lembram do “Mostre, não conte”? É isso, mas com consciência de quando subir o nível para o “conte”. Mesmo na cena acima, ao começar a mostrar o que João estava sentindo, invariavelmente a escrita se tornará mais abstrata.

Um detalhe para se ter em mente, muito importante. Abstrato e concreto podem ser conceitos relativos, portanto, a melhor forma de analisar se uma escrita está concreta é avaliar se todos os leitores terão mais ou menos a mesma cena na cabeça.

Um exemplo. Ao falar “casa”, a primeira vista parece estarmos em um conceito concreto, porém, você está mais ou menos aqui:

Ao descrever melhor, você desce na piramide. “aquele pequeno retângulo de amarelo desbotado se erguia sobre o gramado malcuidado. As parede estavam manchadas e com a tinta descascando. Seria impensável acreditar que alguém poderia morar lá. Mas morava”.

Sim, é necessário usar mais palavras, mas com isso o leitor tem plena consciência do que está acontecendo. É possível descrever demais e ficar cansativo, portanto analise o que cortar para não estender demais.

Caso queira comentar o post ou entrar em contato, manda um tweet ou um email

rss facebook twitter github gitlab youtube mail spotify lastfm instagram linkedin google google-plus pinterest medium vimeo stackoverflow reddit quora quora