Resenha: Maus – Art Spiegelman

Quando lemos algum material histórico sobre a Segunda Guerra Mundial, especificamente sobre o Holocausto, é simples, matemático, entender o tamanho da carnificina que ocorreu. Mas, como é comum em fatos dessa magnitude, o que normalmente se perde é o relato individual. É esse espaço entre documentário e relato pessoal que Maus, de Art Spiegelman ocupa.

Resenha: A Estrada – Cormac McCarthy

A Estrada, de Cormac McCarthy, é um livro curto com prosa simples e uma ideia que pode ser resumida em uma única frase: Pai e filho migram em um mundo apocalíptico. Fim. É isso. Só isso mesmo.

Resenha: Louca Obsessão – Stephen King

Uma vez por ano eu acabo relendo Misery: Louca Obsessão. Stephen King é um dos autores que eu mais leio, e este é o meu livro favorito do mestre do terror, combinando perfeitamente o clima de suspense e insegurança numa temática simples e com uma única trama.