Resenha: A Estrada – Cormac McCarthy

A Estrada, de Cormac McCarthy, é um livro curto com prosa simples e uma ideia que pode ser resumida em uma única frase: Pai e filho migram em um mundo apocalíptico. Fim. É isso. Só isso mesmo.

Resenha: Os Sete – André Vianco

Poucos livros me foram tão recomendados quanto Os Sete, do André Vianco. Tenho lido muitos títulos brasileiros, e fantasia sempre foi uma categoria que me cativou muito, então era esperado que os vampiros d“O Mestre do Terror Brasileiro” acabassem virando a bola da vez. Não sei se foi a expectativa estar lá em cima, ou…

Resenha: A Fúria do Assassino – Robin Hobb

Assim como o final do primeiro livro deu ânimo para o segundo, o final de O Assassino do Rei dá força para a história continuar em A Fúria do Assassino. O que é uma grande tristeza pois A Fúria do Assassino é, de longe, o pior da trilogia.

Resenha: O Assassino do Rei – Robin Hobb

O primeiro livro dA Saga do Assassino termina dando um novo ânimo a obra e novas tramas a serem exploradas. O final apresenta alguns mistérios e um ritmo diferente a um livro que vinha até então meio lento. Se a autora conseguisse capitalizar a construção para mudar o clima de marasmo o segundo livro, O…

Resenha: O Aprendiz de Assassino – Robin Hobb

A trilogia A Saga do Assassino foi uma das leituras que surgiram quando comecei a buscar “alternativas a Crônicas do Gelo e Fogo” pela internet. Até hoje sinto um vácuo na ausência de outras obras literárias contendo fantasia medieval misturada com tramas políticas de qualidade. Buscando em diversos fóruns e cantos obscuros da internet, a…

Resenha: Louca Obsessão – Stephen King

Uma vez por ano eu acabo relendo Misery: Louca Obsessão. Stephen King é um dos autores que eu mais leio, e este é o meu livro favorito do mestre do terror, combinando perfeitamente o clima de suspense e insegurança numa temática simples e com uma única trama.

Resenha: O Portão do Obelisco – N. K. Jemisin

O primeiro livro da trilogia de N. K. Jemisin termina com uma revelação impactante e muitas pontas soltas para a trama continuar. Ambientado num universo fantástico inovador de fato, O Portão do Obelisco continua prendendo e instigando.

Resenha: The Red Knight – Miles Cameron

The Red Knight, ou O Cavaleiro Vermelho (em tradução livre) é um livro de fantasia medieval europeia. O mundo é dividido entre as cidades e meios humanos e as criaturas e coisas pertencentes ao Selvagem, onde apenas o mais forte sobrevive e comanda.

Resenha: O Protegido – Peter V. Brett

Imagine um mundo onde não é possível sair a noite. Toda noite os terraitas, demônios de pedra, areia, fogo, saem do chão para buscar e devorar humanos. A única proteção que estes possuem são símbolos antigos e misteriosos que precisam ser desenhados sob superfícies para impedir a aproximação dos terraitas.